Bem vindo ao blog da Tração Online!

Growth Marketing, Efeito Disney

O que aprender com a empresa de entretenimento mais famosa do planeta

A Disney é referência absoluta em experiência do cliente. É uma expressão comum escutar que determinada coisa ou momento tem um “padrão Disney” em caso de impacto pessoal muito positivo. Desde sua criação, em 1957, a empresa tem seu ecossistema muito bem estruturado, tendo o talento criativo dos estúdios cinematográficos como principal engrenagem de resultados. 

Para levar sua mensagem de forma ainda mais assertiva e integrada aos seus ativos, a Disney oferece soluções como product branding; branded content e interação; co-branded em plataformas digitais; eventos; experiências; mídia e  promoções específicas voltadas ao seu portfólio Disney+, Star + e Disney Parks. Segundo a diretora de ad sales e partnerships da companhia, o foco é sair do Storytelling para o Storydoing. “Tudo que fizermos precisa efetivamente virar uma ação. Nossos cases, além de ilustrar o que já fazemos, tangibilizam uma solução de negócio que agrega valor e efetivamente traz retorno sob investimento as marcas”.

Entre os principais cases de sucesso dentro dessa linha está a parceria com o Banco do Brasil e a Visa, onde a empresa realizou uma promoção que oferecia aos clientes do cartão Ourocard a oportunidade de visitar os parques do Walt Disney World. A ação, que ocorreu no lançamento do último filme da nova trilogia de Star Wars, foi responsável por aumentar o desejo de ter o cartão em 248%, entre os mais jovens, segundo dados internos da marca. Já no segmento automotivo, a Disney realizou um projeto inovador com a Peugeot onde lançaram juntas o modelo Peugeot 2008 Skywalker Turbo THP e beneficiaram os compradores do carro com um ano de assinatura grátis do Disney+.

Todo este sucesso ocorre de forma sistêmica por conta de 3 estratégias fundamentais da empresa:

Estudo aprofundado do seu público

A Disney sabe exatamente quem ela atende e quais são suas necessidades e desejos prioritários. Estudando essas pessoas ela consegue criar ações que promovam gatilhos emocionais em cada espaço do seu ecossistema de produtos.

Ecossistema de ativos

Tudo conversa quando o assunto é Disney. Você assiste a um filme no streaming oficial, visita um dos parques e é impactado pelo personagem no local e vai até uma das lojas comprar um dos brinquedos ou produtos dessa história. A empresa estabeleceu uma grande rede de conexões entre aquilo que é apresentado ao seu público e isso amplia seu crescimento constantemente.

Esse ecossistema de marcas gera um real engajamento emocional com os consumidores, independentemente da idade, estilo de vida ou preferências de consumo, consolidando todo esse portfólio em um atendimento One Stop Shop, para que os clientes tenham a melhor oportunidade de construir uma solução específica que atenda seus objetivos. Esportes, cultura, entretenimento, streaming, TV por assinatura, cinema, games, a Disney está em toda parte.

Treinamento e Experiência

A empresa é mundialmente conhecida por sua capacidade de treinar seus colaboradores, fazendo com que o atendimento ao público seja um dos melhores do planeta. De forma contínua, tal qual um conto de fadas, cada um sabe o papel que deve representar para causar uma experiência positiva nos visitantes. Soma-se tudo isso ao investimento em espaços físicos que transmitam a sensação de magia que a Disney quer passar, seja nas lojas ou nos parques.

O que podemos aprender com isso?

  • Diversifique seu produto e crie vendas integradas. Desenvolva seu ecossistema de ativos;
  • Estude profundamente seu público. Faça pesquisas, entenda suas necessidades e crie ações personalizadas;
  • Treine seu time e entregue experiências. Uma equipe preparada pode proporcionar entregas memoráveis ao seu cliente, criando gatilhos emocionais positivos e contribuindo para a retenção e divulgação do seu produto ou serviço.

“O ecossistema 360º mostra que, desde sempre, a integração entre as linhas de negócio é um mantra dentro da Disney. E, claro, nossos clientes se beneficiam disso. Desenvolvemos projetos que ultrapassam as fronteiras de cada marca, podendo por exemplo nascer, em entretenimento, com assets de Marvel ou Pixar, ter desdobramentos em esportes dentro da ESPN, falar de propósito com National Geographic e, até mesmo, virar um evento físico ou um produto. Tudo isso dentro de um ambiente completamente seguro para os anunciantes” Giselle Ghinsberg, diretora de ad sales e partnerships da Disney.

Basta saber agora se a magia da Disney vai continuar surpreendendo as futuras gerações.

Projetos relacionados

Tinder - Como o app ganhou tração?

O aplicativo Tinder foi lançado em 2012 com o objetivo de tornar mais dinâmico e divertido o uso de...

veja mais

Resiliência como estratégia - O case de growth da Zappos

A Zappos é uma empresa de comércio eletrônico de sapatos, roupas e acessórios, criada no ano de...

veja mais